AViDa

PodeSerMais

Imagem

Curso EAD Geriatria Aplicada à Prática Clínica: uma mudança de paradigma

João da Silva
sobre o  IVCF20O IVCF-20 foi desenvolvido e validado no Brasil, a partir de outros instrumentos de triagem rápida amplamente citados na literatura. É um instrumento simples e de rápida aplicação (5 a 10 minutos), que avalia as principais dimensões consideradas preditoras de declínio funcional e/óbito em idosos: a idade, a auto-percepção da saúde, as atividades de vida diária, a cognição, o humor, a mobilidade, a comunicação e a presença de comorbidades múltiplas.

Portanto, O IVCF-20 pode ser considerado uma metodologia de Avaliação Geriátrica Ampla, que pode ser realizada por profissionais não especialistas em Geriatria e Gerontologia. Pode ser utilizado por qualquer profissional de saúde ou até mesmo pelo próprio idoso e seus familiares.

APLICAÇÃO, CASOS CLÍNICOS, CURSOS, CONFERÊNCIAS

INSCREVA-SE NO CANAL DO IVCF20  PARA RECEBER MAIS VIDEOS COMO ESTES
QUESTIONÁRIO ONLINE
O IVCF-20 é um questionário que contempla aspectos multidimensionais da condição de saúde do idoso, sendo constituído por 20 questões distribuídas em oito seções: idade (1 questão), auto-percepção da saúde (1 questão), incapacidades funcionais (4 questões), cognição (3 questões), humor (2 questões), mobilidade (6 questões), comunicação (2 questões) e comorbidades múltiplas (1 questão). Cada seção tem pontuação específica que perfazem um valor máximo de 40 pontos. Quanto mais alto o valor obtido, maior é o risco de vulnerabilidade clínico-funcional do idoso.
CLIQUE PARA INICIAR

CURSOS ONLINE - DESTAQUES

10 Passos para Construir um Poderoso Negócio

Fundamentos da Saúde do Idoso

SAIBA MAIS
10 Passos para Construir um Poderoso Negócio

Uso Racional de Medicamentos no Idoso

SAIBA MAIS
10 Passos para Construir um Poderoso Negócio

Geriatria Aplicada a Prática    Clínica

SAIBA MAIS

Opiniões

ROMUALDO CRONEMBERGER

EUGÊNIO VILAÇA MENDES

Consultor do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS).

"O grande desafio dos sistemas de saúde é o manejo adequado das condições crônicas. Isso convoca novos modelos de atenção à saúde que se assentam em três pilares: a estabilização, o autocuidado e a estratificação de riscos. A estratificação de riscos tem um componente sanitário de garantir a atenção certa, no lugar certo e com a qualidade certa. Mas tem, também, um componente econômico de otimizar as relações entre os atendimentos, nas redes, na atenção primária e na atenção especializada. Na atenção às pessoas idosas a proposta do IVCF 20 cumpre esses dois papeis fundamentais.”
CRIS FRANKLIN

JOÃO BASTOS FREIRE NETO

Presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (2014-2016).

"A utilização do IVCF-20 na APS como instrumento de avaliação da saúde da pessoa idosa permite a organização da atenção à saúde com base na multidimensionalidade, de forma racional, eficiente e em consonância com as necessidades de saúde dessa população".
ROMUALDO CRONEMBERGER

ADRIANE MIRÓ

Coordenação da Saúde do Idoso do Estado do Paraná.


“O IVCF-20 é o instrumento usado para o rastreio da fragilidade na Rede de Atenção Integral à Saúde do Idoso no Paraná. Muito bem aceito pelos profissionais, tem permitido grandes avanços na abordagem multidimensional da saúde dos idosos na Atenção Primária, elemento fundamental para o sucesso de uma política de cuidado à saúde dessa população.”